gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Thaíde

Thaide-940

Thaíde

parte 30/32

Vou falar rapidinho que estou numa entrevista aqui, beleza?

Tacioli – Mais uns dez minutos só aqui ainda.
Daniel – É só fechar.
Thaíde – É. Vou ter que ir em casa pra me trocar e ir pra balada. Vocês são fogo, hein? [risos] Caramba!
Daniel – Balada de trampo ou balada…
Thaíde – Vou lá pro Show Bar. Fica ali na [Rua] Cardeal Arco Verde, é da hora.
Dafne – Ah, sei!
Daniel – Em frente ao cemitério.
Thaíde – Já que estamos falando desse assunto, né? [risos] É porque… [o nextel toca novamente e Thaíde começa a falar no telefone] Pode falar, estou no meio de uma entrevista agora. Fala. Estou numa entrevista agora. Aqui no escritório. Fala pra ela chegar lá e falar com o Magu. Falou? Eu vou pra casa me trocar, depois vou pra lá. Vou chegar lá uma hora da manhã. Falou. É, aquele negócio que a gente tem que resolver de última hora. [outro telefone toca] Espere um pouquinho só, duas mensagens de texto. Aviso nextel, aviso nextel, pronto, já avisou. Vai se fuder. Agora aqui, um momentinho. [desliga os telefones] Algumas pessoas ficam pensando que sou pessimista, tá ligado? Quando falo sobre esse negócio de morte. E não é pessimismo não, cara, não é pessimismo não. Adoro viver, adoro minhas mulheres.
Daniel – O plural foi ótimo.
Thaíde – [o telefone toca novamente] E aí Magu, tudo sob controle? Vou falar rapidinho que estou numa entrevista aqui, beleza? Tudo bem, vou mais tarde. Mas é que tem um parceirinho meu chamado Belô e ele tá colando aí também. Ele vai te procurar e você dá uma assistência aí para ele, falou? Bom mano, mas hoje não vou beber nada porque estou caído. É mano, aquele dia foi foda, mas tudo bem também. Tá certo, tá bom, mais tarde tô chegando, lá pra uma hora da manhã, por aí. Estamos aí. [desliga o telefone]

Tags
Dj Hum
Hip hop
Rap
Thaíde
de 32