gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Thaíde

Thaide-940

Thaíde

parte 2/32

Dá pra sentir São Paulo em várias cidades do Brasil

Max – Tem uma coisa que o Vanzolini fala de São Paulo…
Thaíde – Quem?
Max – O Paulo Vanzolini. Ele fala que as pessoas dizem que São Paulo é uma cidade fria, uma cidade violenta e tal, mas que nunca encontrou um povo tão acolhedor como o daqui. Que quando te chama de irmão, te coloca dentro de casa e é de verdade. Faz até uma brincadeira: “eu lá vou pra uma cidade ficar olhando morro? Quero cidade para me relacionar com gente, não com morro”. Quero saber se você sente isso de São Paulo? Existe essa coisa da cidade ser tão desumana que aproxima as pessoas?
Thaíde – É, acho que tem muita gente que fala da frieza de São Paulo porque conheceu pessoas frias e isso é natural. Agora, posso te dizer que as pessoas de São Paulo, e acho que em todas as grandes metrópoles, têm esse equilíbrio de quente e frio. E tem gente que dá o azar de conhecer só a parte fria da cidade. Talvez a parte quente, infelizmente, não é a mais desejável, nem a parte mais acolhedora…
Max – Nem a mais fácil de encontrar.
Thaíde – Exatamente. Não é aquilo que é vendido, que é apresentado no cartão-postal. Então, acredito que esse calor todo vem de pessoas e se fosse ficção seriam as pessoas do subsolo, entendeu? Do esgoto. São essas pessoas que trazem o verdadeiro calor da cidade.
Tacioli – Tem alguma cidade que se assemelha a São Paulo?
Thaíde – Ah, têm várias! Tem um monte de São Paulo. Acredito que o centro de Porto Alegre é muito parecido com alguns pontos de São Paulo, sabe? Tem vários lugares, você pode viajar e ver. Se você vai para Curitiba, algumas avenidas lembram um pouco São Paulo, só que ali é uma cidade um pouco mais avançada, aquela coisa toda. Acho que dá pra sentir São Paulo em várias cidades do Brasil. Sem dúvida.
Dafne – Inclusive de gente?
Thaíde – Inclusive de gente. É que não sei porque São Paulo desagrada muita gente. Às vezes acho que até dormindo ela consegue desagradar. E olha que ela não dorme, né? [risos] Tem gente que não gosta mesmo, não gosta. Mas se a gente para e pensa, entende. Porque muitas vezes quem mora em São Paulo – esse lugar onde tem riquezas que todos falam, todo mundo quer vir para cá, aquela parada toda -, muita gente daqui acha que qualquer outra cidade é interior e acaba desrespeitando as pessoas. Isso é que faz com que a cidade seja mal vista por algumas pessoas de outros Estados e tal. Mas essas pessoas precisam vir até a São Paulo para conhecer e saber que a cidade não é assim também, a cidade é muito legal. Tem os mesmos problemas que têm em qualquer outra cidade, qualquer outra cidade grande. Tem corrupção, violência, tem tudo que tem em outra cidade, então quer dizer…
Max – É um lugar que junta muita gente, né?
Thaíde – É, não tem jeito, todo mundo veio pra cá e aí fica difícil, realmente. Mas vai continuar vindo e não tem como fugir a isso.

Tags
Dj Hum
Hip hop
Rap
Thaíde
de 32