gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Raul de Souza

O trombonista Raul de Souza. Foto: Henrique Parra/Gafieiras

Raul de Souza

parte 23/22

Quero arrancar a perna do Roberto Carlos!

Tacioli – Raul, quero agradecer… Quem sabe numa outra oportunidade… [ risos ]
Raul – Continua a história! [ ri ]
Teresa – Esse material também vai para o acervo do MIS, que é uma outra forma de acesso, fora a dos meninos, pela Web, que você vai ver…
Raul – Legal, legal. [ falando mais baixo ] Então, um dia – essa é pra terminar – eu conversava num bar, louco, puto da vida, falei “Olha, bicho, do Roberto Carlos… quero arrancar a perna daquele filho-da-puta!”. [ risos ] E saiu na internet…
Almeida – A gente viu isso.
Raul – Vocês viram?! [ gargalha ]
Tacioli – E deu alguma repercussão?
Raul – Deu nada, não acontece nada. Quero que o Roberto Carlos me pague o que me deve. [ risos ] E que não fique puto com a história que é real.
Tacioli – Mas você não falou mais com ele?
Raul – Depois disso, não. Falei com ele nos Estados Unidos, em Los Angeles, quando dei o Colors autografado pra ele.
Almeida – E aí, como se nada tivesse acontecido?
Raul – Nada, tudo bem.
Almeida – E ele é um cara…
Raul – Legal, gente boa, gente boa, uma pessoa muito sofrida. O bom mesmo é o maluco do Erasmo, esse é quem é bom! Nem sei como ele está, se está bebendo muito, tem que parar…

Tags
Música instrumental
Raul de Souza
de 22