gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Palavra Cantada

Palavra Cantada. Foto: Max Eluard/Gafieiras

Palavra Cantada

parte 26/27

O melhor seria produzir um disco em Portugal

Gafieiras  Eu queria saber do disco em espanhol. O repertório é novo?
Paulo – Não, é uma coletânea.
Sandra – São os the best.
Gafieiras  El mejor.
Sandra – Uma amiga minha me ensinou que em Portugal eles falam: “E aí, já lançou a sua besta?” A besta é the best.
Gafieiras – E em Portugal, como está a Palavra Cantada?
Sandra – Estamos cruzando o oceano de volta. Primeiro vieram as caravelas e agora nós estamos tentando…
Gafieiras – … Colocar uns barquinhos.
Sandra – É, parece que há um porto de lá querendo receber a gente. Tem uma proposta inicial de a Palavra Cantada ser distribuída lá, mas ainda está em negociação.
Gafieiras – Vocês acham que o papel exercido pela TV Cultura no Brasli de formar de público – por meio da exibição de clipes da Palavra Cantada  poderia haver em Portugal?
Sandra – Eu não sei. Ouço falar tantas coisas de Portugal. Eu já mesmo tentei ir lá vender, já fiz contatos e tudo. Ouço dizer que a música brasileira é super aceita. Ouço uma outra coisa… Estou reproduzindo, não sei se é verdade, mas ouço que as escolas portuguesas acham que o português do Brasil é uma língua menor… Para criança portuguesa não é recomendável ouvir o português do Brasil.
Paulo – Isso é bem plausível. Cantar para crianças de um outro povo é um negócio muito delicado.
Sandra – Pelo menos em “Pindorama” eu imito português bem.
Paulo – “Pindorama” tem uma criança portuguesa cantando.
Sandra – Aí eu posso cantar só o Vera Cruz lá e pronto.
Paulo – Mas é uma coisa bem delicada. Imagine isso pra um povo que já foi o império. Aí a colônia vem cantar para os filhinhos dele.
Gafieiras – Mas eles vêem novela.
Paulo – Mas são adultos.
Gafieiras – Nada, criancinhas também.
Paulo – Ah, sim, as crianças também vêem.
Gafieiras – Tem amigos nossos…
Sandra – Mas você não está na escola, não está dando informação intelectual.
Paulo – Ele está vendo lá de bicão. Agora, você vai dar um material feito no Brasil pra sua criança ouvir, pra você formar a sua criança, acho difícil. Mas tem gente de lá querendo implantar, gente que talvez saiba o caminho, mas acho complicado. O que seria melhor, talvez, seria produzir um disco lá , com cantores portugueses adaptando.
Sandra – Deus me livre! Já pensou?! [Canta com sotaque português] ”Rato, meu querido rato / Eu não sou assim de fino trato / Pra selar esse contrato.”
Paulo – Mas, tudo bem, acho que seria legal.
Sandra – E tudo durinho. [Canta com sotaque português] “Laranja, laranjeira / Banana, bananeira / Goiaba, goiabeira.” Já pensou, tudo durinho?!

Tags
Grupo Rumo
Música infantil
Música para crianças
de 27