gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Luiz Melodia

Luiz Melodia por Dafne Sampaio/Gafieiras

Luiz Melodia

parte 1/25

Não sou de ligar pra ver a MTV

[ Luiz Melodia chega do apartamento, de banho tomado, e senta-se ]

Luiz Melodia – Dessa cervejinha também quero uma!
Denise Souza – Vou pedir para o menino vir aqui. Espere só um pouquinho, Luiz!
Melodia  E um pouquinho de água, também.
Daniel Almeida – Luiz, e o programa do Gordo? [n.e. Gordo a go-go, programa de entrevistas da MTV apresentado pelo vocalista dos Ratos de Porão, João Gordo]
Melodia – Rapaz, é divertido, né?!
Denise – Foi com o Mário Velloso. [risos]
Melodia – Quando eu estava subindo, o cara falou “Mário Velloso!” [n.e. Cantor paulistano estreante, integrou a Casa dos Artistas 2, do SBT, e lançou recentemente seu primeiro álbum, homônimo, pela Sony Music] Caralho! Mas já que estamos aqui, fazer o quê?! [risos] Vambora!
Max Eluard – Mas esse dá para levar no bom humor, né?
Melodia – E a gente tem esse bom humor do caralho, não? Acho que o brasileiro tem essa coisa. Às vezes, o Gordo perguntava coisas absurdas, ou, senão, falava coisas absurdas. Ao mesmo tempo, ele ficava preocupado, “Você está legal, né, Velloso?!” “Não, tudo certo!” E o cara ficava todo… Eu, do lado, ficava só… [risos] Muito divertido, muito divertido. Bacana pra caramba!
Ricardo Tacioli – Você sabe quando vai ao ar, Luiz?
Melodia – Rapaz, não perguntei a ele. Engraçado, sempre faço trabalho de televisão e nunca pergunto. Nem quando vai sair em jornal. Geralmente estou viajando e não tenho muito pique para assistir.
Almeida – Nem quando é uma entrevista que você gostou?
Melodia – Não, não. Dificilmente.
Almeida – É uma bronca com a TV?
Melodia – Não. É uma coisa à-toa. Só quando acho “Porra, devo assistir, devo ouvir”. Prefiro mais rádio.
Tacioli – Ah, é?
Melodia – É, prefiro mais. Por exemplo, se eu for fazer uma gravação, prefiro ouvir, acho que por não ter imagem, fico mais à vontade. [ri] Sei lá, mas não tenho essa curiosidade, não. Faço o trabalho que tenho que fazer de divulgação de disco, e depois não me preocupo em… Até quero que alguém fale “Luiz, foi legal!”
Almeida – Se repercutiu ou não.
Melodia – É, pode crê.
Tacioli – Você assiste à MTV?
Melodia – Assisto. Não sou de ligar pra ver a MTV, mas passo, olho. Rap, mesmo, assisto, através do meu filho que gosta de rap. Então, ele me convida. “Pai, isso aqui é um acontecimento, uma novidade”. Aí, fico com ele junto à televisão e vejo. Mas de ligar e ficar vendo a MTV, não!
Jane Reis – Luiz!
Melodia – Oi!
Jane – A cerveja.
Melodia – Obrigado.
Sérgio Seabra – Como é que as novidades musicais chegam a você?
Melodia – Às vezes, em casa, às vezes, viajando. Geralmente, viajando, né?! Pelo fato de estar em vários lugares. E por ser musical, vejo mais a MTV. Tem momentos em que estou no quarto de saco cheio da televisão, que é um horror, mesmo sendo a cabo.
Max Eluard – A cabo é pior, né?! Só multiplica o que tem na TV aberta.
Melodia – Não sei o que é pior. Embora, na TV a cabo tenha um canal que eu gosto pra caramba, que é um dos que mais assisto, a Discovery. O 51 e 52. E, como é o outro?
Almeida – National Geographic?
Melodia – Isso mesmo. National Geographic. É o que mais curto, o canal em que mais estou ligado. Então, o que eu estava falando, por amor de Deus?
Seabra – De música, como é que você se informa?
Melodia – Sim. Tenho mais contato por meio das viagens.

Tags
Luiz Melodia
de 25