gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Luiz Melodia

Luiz Melodia por Dafne Sampaio/Gafieiras

Luiz Melodia

parte 9/25

Era louco para ser jogador profissional

Melodia  Vamos continuar?
Max Eluard  Você falou que tinha uma ligação muito forte com o esporte. Futebol?
Melodia  É. Sou um jogador frustrado. [risos]
Max Eluard  Tem mais cinco aqui. [risos]
Almeida  Além da Zoologia e da música, o futebol chegou a ser uma opção?
Melodia  Acho que o futebol era o que vencia a minha cabeça. Porra! Era o que mais eu estava a fim, até porque toda a garotada… Independentemente de música, também era louco para ser um profissional, velho! E tinha muitos que treinavam no São Cristóvão, que era pertinho lá do São Carlos, do morro. Lembro do Murilo, que era um craque, Tic-Tac, de toda rapaziada de lá. Jogavam bola mesmo! Ourinho, Cutelo…
Almeida  Cutelo é ótimo!
Seabra  Era zagueiro! [risos]
Melodia  Cutelo era o maior craque, era o mais interessante, mas não aconteceu. As pernas dele dançaram por causa de drogas.
Max Eluard  Qual era a sua posição, Luiz?
Melodia  Ponta-direita. [risos]
Max Eluard  Do tempo em que ainda exista ponta.
Melodia  Ponta-direita. [ri] Mas o futebol sempre foi interessante.
Tacioli  Mas era um ponta-direita driblador?
Melodia  Os caras achavam que eu era o maior driblador. [risos] Achavam, mas não tenho bem a certeza. O futebol era uma das coisas, depois da música, mais legais que existiam no São Carlos. Dia e noite. E íamos a uns jogos em outras cidades…
Max Eluard  Havia um time estruturado em que você jogava?
Melodia  Sim. O responsável era o Seu Luís, que, inclusive, está doente.
Almeida  Como o time se chamava?
Melodia  Guanabara. Havia outros clubes também. Quanto tempo! Nunca comentei, mas a coisa mais interessante que existia no São Carlos, a coisa mais fantástica, era o Seu Baldo. Um senhor chamado B-A-L-D-O. Dentro da cultura maravilhosa do morro, foi ele que me deu uma das maiores alegrias. Ele construiu um cineminha pra gente, e todo o fim de semana havia uma sessão. Bacana!
Almeida  O que rolava, você se lembra?
Melodia  Rolavam uns seriados de mocinhos e bandidos, geralmente western. E clássicos também, Sansão & Dalila [n.e. Filme de Cecil B. de Mille, 1952, protagonizado por Victor Mature e Hedy Lamarr], aquela coisa. Também as chanchadas, com Oscarito e Grande Otelo. Na verdade, a maior programação era da Atlântida, com Zé Trindade, Dercy Gonçalves e outros. Era demais! Seu Baldo foi uma das pessoas mais interessantes que surgiram no morro. Ele deu muita alegria para a garotada de lá. SE-NHOR BAL-DO! [aproxima-se no microfone] SE-NHOR BAL-DO! Fantástico! Era uma pessoa para quem quero compor uma música. Já era para ter composto há muito tempo. Um cara genial! Sempre comento com a minha mulher que eu nunca falei sobre o Seu Baldo. Ele veio a falecer por agora, aos 90 anos. Havia aqueles cartazes, que eram interessantérrimos!!

Tags
Luiz Melodia
de 25