gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Los Hermanos

Los Hermanos. Foto: Henrique Parra/Gafieiras

Los Hermanos

parte 10/18

Há uma avaliação diária por causa dos shows

Max Eluard – Vocês pensam em vocês, no papel que desempenham, na evolução do trabalho…
Camelo – Não. Acho que a gente só consegue fazer porque tá distraidão [risos], pensando em ser feliz. Gostar do que está tocando! Mas, ao mesmo tempo, há uma avaliação diária por causa dos shows, porque a gente vai ali numa cidade e apresenta… então a gente precisa fazer umas avaliações, sim…

Tacioli – E na hora de gravar, na construção de um álbum… como vocês definem essa unidade?
Camelo – A gente vai fazendo os arranjos…
Amarante – A gente toca.
Camelo – Até ficar bonitão! [risos]
Amarante – Tá bonitão! Vamos fazer outra! [risos]
Bruno – No início a gente não planeja nada. A gente vai tocando e fazendo.

Max Eluard – Mas o primeiro momento é solitário, de vocês como compositores? O Marcelo faz as dele. O Rodrigo faz as dele. E depois trazem pra discutir com o grupo, fazer os arranjos…?
Amarante – Mas a discussão é musical, entendeu?
Barba – É assim. A gente vai tocando.

Almeida – Vocês dois [Bruno e Barba] não se arriscam a compor?
Camelo – Ô, como se arriscam!
Barba – O Bruno compõe!
Bruno – Não componho, não. É uma coisa muito específica. As pessoas acham que, por eu ter um blog eu poderia também fazer umas letras, mas é totalmente diferente. Acho uma arte complicada essa coisa de você dizer o que quer dizer e, ao mesmo tempo, respeitar uma métrica. Não me esforço muito, não… Até poderia fazer, mas por enquanto eu tô bem representado. [risos]

Tacioli – O Barba…
Barba – Não. Passo longe! [risos] Essa eu passo.
Camelo – E, ao mesmo tempo, são muito responsáveis por tudo que a gente toca.
Amarante – Falando nisso agora parece que a gente tá querendo compensar… Mas a verdade é que a gente faz as nossas músicas junto. As pessoas só conhecem nossas músicas nesse contexto de nós quatro. Se não rolar entre nós quatro, a gente não grava. É difícil separá-los [Bruno e Barba] das composições. As músicas são apenas um embrião, mas somente acontece mesmo o que a gente chama de Los Hermanos quando a gente toca. Nós quatro!

Tags
Los Hermanos
de 18