gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Lindomar Castilho

LindomarCastilho-940

Lindomar Castilho

parte 16/18

Tem gente que até hoje faz campanha "Não contrate o Lindomar"

Monteiro – Depois de cumprir a pena, você sofreu alguma represália? E existe ainda algum tipo de patrulhamento?
Tacioli – Da imprensa ou do meio artístico?
Lindomar – [risos] Existe até hoje. Tem gente que não gosta. Acho que é um direito pessoal, simples. Tem gente que faz até hoje campanha “Não contrate o Lindomar”, usa o veículo dele e prega o pau.
Almeida – Mas você já se sentiu prejudicado?
Lindomar – Prejudica, prejudica, mas não chega a acaba com a gente, não. A força do trabalho é maior. Isto tem que ter um valor! E o trabalho do cantor é difícil para diabo.
Tacioli – O momento quando você ouviu pela primeira vez no radinho a sua música assemelha-se ao momento quando você ficou sabendo que “Você é doida demais” seria o tema de abertura da série Os Normais, da TV Globo? De forma ou de outra, Os Normais te proporciona uma nova e relativa projeção nacional, não?
Lindomar – Poxa, até projeção internacional, porque as novelas e a Globo vão para todo lado. Aquela que me deu uma pressão tão braba na época, e hoje lança Os Normais com a minha música, “Você é doida demais”. Nunca vi uma música tão exata! [risos] Fora de brincadeira! Não assisti a todos porque eu estava trabalhando, mas alguém sempre está gravando para mim. Ri demais numa delas, quando dois casais, a querendo participar de um samba, vão parar num morro daqueles do Rio de Janeiro, são assaltados, ficam nus e param num motel.

Tags
Lindomar Castilho
de 18