gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Itamar Assumpção

Itamar Assumpção por Marcos Penteado em 1990/CEDOC FPA

Itamar Assumpção

parte 3/4

Domador de parábolas

Do metrô saltamos na Penha, na Penha onde passei os primeiros anos da minha vida. Nada lembro, nada trago da Penha, mas nesse dia encontrei algo por lá.

Nego Dito, descomplicando Arrigo, sambando quadrado na Alemanha, verdades esfumaçadas na sala apertada de retratos.

Estávamos fazendo um making of do disco Show, de Ná Ozzetti, colhendo depoimentos de músicos que trabalharam com ela e fomos ouvir Itamar.

Depois de 20 dias na UTI estava ansioso.

Discurso difícil de domar, olhos difíceis de fitar, por detrás das lentes escuras inscreviam parábolas e mais parábolas no espaço entre o teto e minha cabeça. As palavras iam saindo por entre seus dentes cerrados e falar de Ná era quase acaso, mas sempre muito bem encaixado.

Assim conheci Itamar, Nego Dito, Pretobrás ou palmeira do deserto, olhando mais de perto.

Numa noite dessas, uma da manhã, me liga o Xis dizendo que ele se foi… [MAX ELUARD]

Tags
Itamar Assumpção
Vanguarda paulista
de 4