gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Hélio Ziskind

HelioZiskind_940

Hélio Ziskind

parte 25/25

O Didi faz filme, dá certo; faz programa, dá certo

Tacioli – Hélio, você gosta daquele disco dos Saltimbancos Trapalhões?
Hélio – Eu gosto da música que a gente fez lá. Eu não me lembro mais desse disco.
Tacioli – Que é um que tem o Chico…
Hélio – Cada coisa que a gente já fez, né? Os caras olhavam pra gente como um E.T. total, né? Eu gostei daquela canção que a gente gravou lá. O Didi seria uma figura muito interessante de entrar em campo pra valer nesse mundo aí. Acho ele muito simpático, muito interessante.
Max Eluard – Pois é, acho que está tarde demais. Ele não vai mais entrar em campo. Quando pôde até fez coisas, mas ele desencanou…
Hélio – Sei não, viu.
Max Eluard – O programa dele me parece que insiste numa coisa tão…
Hélio – É que circo no Brasil dá muito certo.
Max Eluard – É.
Hélio – Ele faz filme, dá certo; faz programa, dá certo; ele dá certo! É feio, sem nada, e deu tudo certo. Como é que se faz uma coisa dessas? [risos]
Tacioli – Com o Jorge Ben nunca rolou uma proximidade artística para fazer algo?
Hélio – Não, se rolasse seria muito bom. Vamos gravar esse disco. Nele vai ficar mais claro… Tem o Zé Pretinho que fala dele… Mas ele já falou que adora o “Cocoricó”. Isso é engraçado! Mas acho que ele não acompanha. [risos]

Tags
Hélio Ziskind
Música infantil
Música para crianças
de 25