gafieiras

gafieiras

Entrevistas de música brasileira

Benjamim Taubkin

O pianista e produtor Benjamim Taubkin. Foto: Fernando Ângulo/Gafieiras

Benjamim Taubkin

parte 30/34

Tento ser realista, nem otimista nem pessimista

Max Eluard – Esse nosso processo civilizatório está em decadência…
Taubkin – Quando a gente entra nesses temas, e é uma entrevista, fico preocupado, porque a minha preocupação é completamente construtiva, entendeu? É verdade isso; pra mim é muito importante. Sempre quero que as pessoas possam se estimular. Esse é o barato! Você quer política pública? Pra mim seria isso: fazer a pessoa acreditar mais naquilo que ela faz e dar mais condição e estrutura pra ela fazer. Se essa política que está acontecendo agora se revelar daqui a dez anos como uma política que fez isso, terá o meu apoio. Às vezes posso não estar percebendo isso. Mas vejo com preocupação quando há muita mistura de sociedade civil e sociedade pública, porque é muito bacana você ter clareza e poder caminhar com o seu projeto; ter o apoio, sim, mas poder caminhar. E poder pensar, construir, discutir, tudo isso. Uma sociedade saudável é quando a Bárbara Gancia fala o que ela fala e a resposta também tem espaço, entendeu? Ela emite o que quiser, ela está pensando, alguém gosta dela. Mas acho que legal a outra voz também ter (espaço). Eu queria deixar claro, porque isso é a paz e a alma da minha vida.
Max Eluard – Por mais pessimista que sua análise possa ser, a ação tem que ser otimista, né?
Taubkin – Mas você acha pessimista a minha análise?
Max Eluard – Quando a gente vê as coisas como estão, é difícil ser otimista.
Taubkin – Tento ser realista, nem otimista nem pessimista, mas ver a verdade.
Max Eluard –Vendo a realidade…
Taubkin – É claro que a experiência te mostra, né? Você vai vendo. De qualquer forma, a gente vive encruzilhadas na produção, na criação, na estruturação, mas o tempo todo estão aparecendo saídas. E as pessoas estão se virando, e isso é muito saudável. Porque você está tendo que inventar o chão, e isso é bom e muito rico por um lado. Querem ouvir umas coisas? Eu vou buscar duas, três coisas.

[ Benjamim sai da sala para pegar alguns CDs ]

Tags
Benjamim Taubkin
de 34