gafieiras

gafieiras

mais do que entrevistas grandes, grandes entrevistas.

Jards Macalé

Da música pra fora

O local escolhido foi o lendário Bar das Batidas, mas Jards ficou somente na água e nos aperitivos.

Luiz Melodia

Os pés no Morro de São Carlos

Na mesa, bola de gude, Seu Baldo, Wally Salomão, Os Instantâneos, Torquato Neto, Caetano Veloso…

Mônica Salmaso

Tem alguém do outro lado

Não será surpreendente se um internauta, ao término da leitura, espelhar-se na cantora paulistana

Antônio Vieira e Riachão

Para qual lado você dribla?

Um maranhense e outro baiano; um tem formação erudita, outro, boêmio convertido.

Dona Inah

Ao som da orquestra invisível

Somente nesses últimos dez anos que a carreira de Ignez Francisco tomou o espaço que merece.

Palavra Cantada

Turma de dois é uma dupla

Desde os anos 1990, dupla formada por Paulo Tatit e Sandra Peres é referência de música para crianças.

Chico César

Canto em praça de guerra

Ele estava em plena e exaustiva turnê de divulgação do disco Respeitem meus cabelos, brancos.

Luís Vagner

Camisa 10 interplanetário

"O Guitarreiro" começou na jovem guarda e fez história no samba-rock e no reggae.

Benjamim Taubkin

Cruza, cabeceia e defende

Apertamos o REC para captar o raciocínio de um dos artistas mais ativos e engajados do mercado.

Los Hermanos

Em vez de uma soneca

Referência da música jovem dos anos 2000, quarteto carioca ampliou sua influência ao condensar rock com mpb e samba

Eduardo Gudin

Samba, polenta e reflexões

Referência do samba paulista, o músico é a síntese da romântica trajetória de um artista.

Xis

Ibope rima com quê?

Ele escolheu o Ibirapuera. Mas era verão e a chuva veio como costuma vir nos fins de tarde quentes da cidade.

Cristina Buarque

Esquina de vozes, risos e lágrimas

Portelense de coração, ela não se julga pesquisadora, mas é uma das principais divulgadoras de sambistas da velha guarda.

Herminio Bello de Carvalho

Não vim aqui pra fazer gracinhas

Poeta, produtor, compositor, provocador cultural e boêmio: de Aracy a Cartola.

Clemente

Punk à moda da casa

Mais punk do que nunca, continua fazendo, cantando e falando ele próprio tudo o que quer.

Thaíde

O rap é o meu facão

A rapaziada tocou a campainha do escritório de um dos pioneiros do hip hop nacional.

Hélio Ziskind

Reinações na casa da árvore

Ex-Grupo Rumo, ele é mais conhecido por seus trabalhos para programas infantis da TV Cultura.

Maria Alcina

Onde foi parar a fantasia?

O que se espera de uma entrevista quando o nome é o dela? O que sobrou na memória da geração dos 30 anos?

Eu e Altemar viemos da escola do Gatica

Lindomar Castilho

Frank Aguiar

Dentro da sala de controle

Um dos principais nomes do forró moderno, o cantor e compositor piauiense era eleito deputado federal por SP.

Ritchie

Essa é pra tocar no rádio

Com sucessos como "Menina veneno" e "A vida tem dessas coisas", ele dominou a parada dos anos 1980.

Ná Ozzetti

Uma palavra de cada vez

Zeladora de uma voz sem fim, Ná tem uma carreira que mescla coerência, ecletismo e ousadia.

Sivuca

Meditônomo: entrada franca

O terraço é seu altar. Seu deus é aquele Todo Poderoso, que ouve música e sabe dançar.

Mauricio Pereira

Olhares de um flaneur paulistano

Quando usou a primeira pessoa do plural, logo entendi, ele se referia a todos os músicos independentes.

Vânia Bastos

Ouvidos para o céu de Ourinhos

Na sala estreita, sofás, mesa de canto e um frigobar. Nas paredes, pôsteres de artistas de 500 mil discos vendidos.

Hamilton de Holanda

Um bandolim do tamanho do Maracanã

O ex-menino prodígio que sonhava em ser neto de Silvio Santos e rock star.

Cordel do Fogo Encantado

Antes e depois dos mouros

Samba de côco, embolada, toré indígena e poesia de cordel com postura pop.

Germano Mathias

O excêntrico elã do zelador da síncope

Soberano do samba sincopado desde os anos 1950, ele queria apenas falar do presente.

Matias, Ricardo Alexandre e PAS

Jornalismo aberto para balanço

O objetivo era juntar três importantes e próximos jornalistas musicais...

Itamar Assumpção

Com quantos nãos se faz um som

Ao lado do Grupo Rumo, Arrigo Barnabé e Premê, ele era um dos vértices da Vanguarda Paulistana.

Inezita Barroso

Na cola de São Gonçalo

Papo de mais de 3 horas com a rainha da música caipira.

Naná Vasconcelos

O bolo está na mesa

Naná já tocou e ainda toca com Deus e o mundo. Todos os sons lhe interessam, novos ou velhos.

Fernando Faro

O silêncio vem de Laranjeiras

Um papo de 102 minutos com o criador dos programas MPB Especial/Ensaio.

DJ Patife

Felicidade em suaves prestações

Sua vida é espelho para qualquer garoto de periferia. Não se considera músico, mas é papa de um gênero.

Moacyr Luz

Devoto dos bons temperos

Ele nos recebeu acompanhado do amigo, produtor e conviva assíduo de suas iguarias às sextas-feiras, Zé Luiz.

Raul de Souza

Tá muito moderno, menino!

Um dos principais trombonistas do mundo, tocou com Sonny Rollins e Stanley Clarke. Sua música é samba, jazz e funk.

André Abujamra

A supermáquina de destribificar

Um d'Os Mulheres Negras e criador do Karnak e de uma porção de trilhas sonoras, ele quer é destribificar.

Noite Ilustrada

Os termos do eterno sambista

Ex-lateral-esquerdo, Mário Marques carrega a mesma elegância que o fazia posar para fotos do Comercial.

Sérgio Ricardo

Farol no cafezal

Ele desenhou uma carreira de muitas vias: TV, cinema, teatro, pintura e música.

Caetano Veloso

Visto?

Em 1972, recém-chegado do exílio, o tropicalista cedeu longa entrevista à revista Bondinho.

Irmãs Galvão

Da varanda rimos do mundo

Se o campo estivesse ali, teria um rio correndo. Mas ali não era sítio verde e sim Vila Dionízia.

Gonzaga me chamava de filho postiço

Dominguinhos

O que faço é política, não é partidarismo

Lenine

Heraldo do Monte

Voa, Heraldo

Da viola à guitarra, de Dolores Duran ao Quarteto Novo e Grupo Medusa.

Luiz Tatit

De olho no tempo

Criador do Grupo Rumo, uma das referências da vanguarda paulista, ele é um investigador do canto falado.

Alaíde Costa

A voz e o verbo

Da bossa nova ao Clube da esquina, ela é da geração que deu voz e letra à mulher na música brasileira.

Quero apresentar a riqueza do Pará

Gaby Amarantos

Ney Matogrosso

Do alto do jabuti

Convivendo com o sucesso há mais de 40 anos, cantor faz das artes do palco o seu ofício.

Gravo o que gosto

Angela Maria